No natal, novo tsunami devasta a costa da Indonésia, país do sudoeste asiático, composto por mais de 17 mil ilhas, situado no chamado “anel de fogo do pacífico”. Não há informações precisas quanto ao número de vítimas. A onda foi causada pelo vulcão Krakatoa um dos mais ativos e temidos vulcões do mundo, num fim de semana, quando as praias costumam estar mais movimentadas.

Imagem reprodução

Imagem reprodução

Imagem reprodução

Imagem reprodução

Sutopo Nugroho, porta-voz da Agência nacional de Desastres da Indonésia, publicou no twitter que o número de vítimas fatais passam de 200, e há mais de 800 feridos, sem precisão do número de desaparecidos.

Veja o vídeo publicado por Nugroho:

As autoridades indonésias confundiram o tsunami com uma maré cheia.

“Erramos, sentimos muito”, escreveu pelo Twitter, Nugroho.

Segundo a Associated Press, a Agência Meteorológica, Geofísica e Climatológica da Indonésia enviou um alerta de tsunami em que informava a possibilidade de ondas de até três metros, mas acabou retirando o aviso.

O último tsunami na região havia sido em 2004 e deixou mais de 240 mil mortos entre Indonésia, Índia, Tailândia e Siri Lanka.

Danos físicos:

Pelo Twitter Nugroho informou que 556 unidades habitacionais, 9 unidades hoteleiras, 60 barracas culinárias e 350 barcos foram danificados ou destruídos pelas águas.

Reações nas redes sociais:

Brasileiro faz piada com a tragédia:

Também há pessoas com empatia:

Anúncios