A desenvolvedora por trás do sucesso de Fortnite, jogo que alcançou recentemente a marca de 200 milhões de jogadores registrados, está sendo processada mais uma vez por causa da dança “Runing Man”, usada dentro do modo de jogo Battle Royale. A informação foi divulgada inicialmente pelo The Verge.

Dois jovens universitários americanos, Jaylen Brantley e Jared Nickens, alegam que são os criadores e portanto proprietários da dança Running Man Challenge, que viralizou no ano de 2016. Confira a dança que está no centro dessa polêmica, no vídeo abaixo:

No ano passado, o “Carlton” da série “Um maluco no pedaço” processou Fortnite pela dança “Fresh”, ele afirma que a Epic Ganes roubou os passos usados por seu personagem e introduziu dentro do jogo. Antes dele outros dois processos atingiram a publisher pelos mesmos motivos. Vale lembrar que o modo de jogo ” Battle Royale” é gratuito e lucra com as vendas de roupas e danças para os jogadores. O modo “Salve o Mundo” é pago e não conta com as danças em questão.

SIGA O LER AGORA NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/leragora1/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s