Os manifestantes franceses ‘Coletes Amarelos’, sairam ontem (16) às ruas da Champs-Élysées, uma das principais e mais movimentadas avenidas de Paris, capital da França. Os protestos surgiram em oposição a política fiscal do governo francês.

Segundo informações do jornalista francês Charles Baudry, “a situação ficou muito tensa em alguns lugares”. Nos vídeos disponibilizados pelo jornalista, no twitter, é possível observar projéteis e gás lacrimogêneo sendo arremessados pelos manifestantes e policiais.

Além do gás, há incendios provocados. Os manifestantes depredaram inúmeras lojas localizadas na avenida e usavam uma espécie de “máscara” para evitar serem identificados pelas câmeras e responsabilizados pelos ataques e saques aos comércios.

Na Praça de I’Etoile, localizada na Champs-Élysées, próximo ao Arco Do Triunfo, a situação ficou difícil para a polícia, a qual deveria apaziguar a situação, foi cercada e sofreu ataques dos Coletes Amarelos, mas reagiu, causando mais confusão. É possível ver, no vídeo, que até os médicos no local são agredidos pelos policiais.

Baudry informa que inúmeros incêndios estavam espalhados pelas ruas próximas a avenida principal da cidade. Por conta do incendio, nuvens de fumaça negra tomaram conta da cidade. Os bombeiros foram acionados.

Inúmeras pessoas ficaram feridas, as quais foram retiradas do local pelos bombeiros, “eles são aplaudidos durante suas intervenções pelos Coletes Amarelos”.

O Demo-Sanitäter, grupo de médicos de rua alemães, informou que estavam nas ruas de Paris para dar apoio aos profissionais parisienses. Os atendimentos médicos prosseguiram por todo o período do protesto.

Em depoimento publicado no twitter, pelos médicos de rua franceses, uma médica afirma que a polícia lhe disse, “Você não tem nada para fazer aqui”.

Segundo Baudry, os ânimos acalmaram, mas, a avenida está irreconhecível, “há sangue no chão, lojas saqueadas, destruídas e quiosques queimados”, relatou. O tráfego no local já foi reaberto.

De acordo com informações da polícia, compareceram as manifestações 32.300 manifestantes ao redor do país e 10 mil em Paris.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s