Há uma ambientação sonora e visual para causar medo nas crianças.

Uma boneca de aparência macabra, olhos esbugalhados e pele pálida, batizada pelo nome de Momo, supostamente foi inserida no meio de diversos vídeos do YouTube Kids. A primeira vista o conteúdo parece adequado para menores de idade, mas, no decorrer do vídeo, o tema é radicalmente alterado.

A Momo desafia as crianças a participarem de um “jogo”, no qual elas devem encontrar objetos cortantes pela casa e se cortar, desafiadas e muitas vezes ameaçadas, as crianças aprendem em que lugar do corpo e como devem se machucar.

Segundo informações da BBC Brasil, o desafio de automutilação também está se espalhando pelo Facebook e whatsapp,”Vários usuários disseram que, se enviassem uma mensagem à Momo do seu celular, a resposta vinha com imagens violentas e agressivas. Aliás, há quem afirme que teve mensagens respondidas com ameaças.”

Por causa desse desafio, um menino de 4 anos, de Goioerê, tentou cortar os pulsos, após ver os vídeos em que a boneca Momo aparecia, pelo YouTube. O menino passou a ter comportamento violento, chegando a tentar enforcar o pai.

A família informou ao “Guia Medianeira”, que passou a observar o que o filho assistia no celular e acreditam que os vídeos disseminados na plataforma são possivelmente os responsáveis pelo comportamento da criança.

Imagem reprodução: Twitter. Adolescente relata ter recebido ligação.

Segundo a revista Rolling Stones, através de um número desconhecido, pelo WhatsApp, são enviados instruções para que elas completem uma série estranhas de desafios, cada vez mais perigosos, que começam com um simples “assistir um filme de terror tarde da noite” a encorajá-las a se automutilarem e tirarem as próprias vidas.

Veja trechos dos vídeos que contém o desafio da boneca Momo:

Nesse outro vídeo, a boneca aparece na selva:

Veja o pronunciamento do YouTube sobre o assunto:

Em entrevista a revista Crescer, o gerente de comunicação do YouTube, Cauã Taborda, falou sobre como as crianças podem ter encontrado os vídeos inadequados, “As pessoas confundem o que é o Yotube Kids e o que é o YouTube convencional. Se um adulto estiver logado na sua conta do Youtube convencional e procurar por “Momo”, poderá, sim, encontrar vários vídeos em que ela aparece. O mesmo poderá acontecer com a criança, caso pegue o tablet ou o celular dos pais, com os apps logados na conta deles“.

Anúncios