A reforma da previdência se converteu num espaço de bipolaridade política, que pode ser notada, hoje (22), através das redes sociais e nas ruas das principais cidades do país.

No twitter, as tags #LutePelaSuaAposentadoria e #EuApoioNovaPrevidencia, estão nas primeiras colocações do “Em Alta” e expressam a divisão ideológica que ocorre no Brasil. As tags representam o posicionamento entre a esquerda e direita, respectivamente.

Imagem reprodução / Internet

Nas ruas, inúmeros protestos, contra a reforma previdenciária proposta pelo governo federal, se espalham. Na cidade de Salvador, motoristas de ônibus travam varias vias consideradas cruciais, como a Av. ACM e a Bonocô, para impedir o fluxo do trânsito em toda a cidade.

Os apoiadores da reforma dizem que o INSS irá quebrar em 2020 ou 2021, assim o Brasil ficará numa insolvência fiscal, parecido com a que ocorreu na Grécia.

Guilherme Boulos (PSOL), um dos ativistas que se posicionam contra a reforma diz, “Só a renúncia fiscal do INSS representa R$ 57 bilhões ao ano, A taxação de fortunas, grandes heranças e lucros e dividendos pode arrecadar até R$ 120 bilhões ao ano”.

O Deputado José Guimarães (PT-CE), informa que em Fortaleza cerca de 20 mil pessoas estão nas ruas, para se posicionar contra os termos da reforma da previdência.

Vale ressaltar que, nos termos da proposta enviada por Bolsonaro ao congresso, está o teto de R$ 5,8 mil de aposentadoria para políticos, que atualmente se aposentam com salário integral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s