Mesmo após restabelecer a energia em todo o território nacional, varias regiões da Venezuela sofrem com apagões por conta das péssimas condições de sua infraestrutura elétrica.


De acordo com denuncia enviada ontem (27), ao jornal El Pitazo, os pacientes do hospital Luis Gomez López da cidade de Barquisimeto, conhecida como a capita da música venezuelana, mesmo na sala de cirurgia, são obrigados a retornarem a suas casas, por falta de água e eletricidade.

Os enfermos deverão retornar no dia 31 de março, quando se espera que os problemas estejam resolvidos. “Os familiares precisam trazer água […] as moscas já estão chegando”.

Os apagões também afetaram o Hospital Central de Maracay, uma senhora de 81 anos de idade morreu. De acordo com nota publicada pelo hospital no twitter,’Ela respirava por ventilação mecânica, mas os equipamentos falharam’.

Imagem ilustrativa

Anúncios