Por determinação de Bolsonaro, o Ministério da infraestrutura cancelou a compra de 8 mil novos radares eletrônicos que seriam instalados nas rodovias federais. O presidente informou hoje (31),  através das redes sociais, que ao renovar as concessões de trechos rodoviários, os contratos de radares serão revistos e analisados, com o intuito de verificar a real necessidade de sua instalação e uso.

“Sabemos que a grande maioria destes (radares) têm o único intuito de retorno financeiro do estado”, declarou o presidente.

Israel


O presidente da república cumpre hoje e nos próximos 3 dias uma agenda oficial por Israel, na qual tentará fechar contratos estratégicos e de cooperação para o desenvolvimento do Brasil.

Anúncios