O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, contestado por mais de 50 países ocidentais, em sua nova tentativa de se manter no poder, ordena que as milícias do governo produzam alimentos. As informações são da Agência EFE.

Em evento público com seus apoiadores em Caracas, Maduro pronunciou:

“Deternino que as 51 mil tropas Populares de Defesa Integral se dediquem à produção (de alimentos) em todo o território nacional, para ver reverdecer um milagre produtivo. Fuzil no ombro, prontos para defender a pátria, e abrindo a terra para semear e produzir o alimento para o povo.”

Anúncios