O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, se envolve em mais uma polêmica, após censurar dois sites e voltar atrás, o ministro revogou a decisão de Luiz Fux e liberou nessa quinta-feira (18) o ex-presidente Lula, preso pela lava-jato, a conceder entrevistas.

Em setembro de 2018, o ministro Fux proibiu que Lula concedesse entrevistas na sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, revogando uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski, o qual determinou que, entrevistas que já tivessem ocorrido deveriam ser “censuradas”.

Anúncios