O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), contestou o vice-presidente Hamilton Mourão em rede social, após o vice ter defendido o presidente Bolsonaro de ataques do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que se posicionou contra Bolsonaro receber a premiação de Personalidade do Ano pela câmara de comércio dos Estados Unidos, na cidade que administra.

“Mourão disse que o prefeito de Nova Iorque ofendeu o Brasil. Quem nos ofende e envergonha todos os dias é Bolsonaro, um presidente medíocre e fanático, que estimula o ódio e a violência, que defende ditadores e torturadores, inimigo da Educação e da democracia”, escreveu Marcelo Freixo, em rede social.

 

Já a deputada federal, Joice Hasselmann (PSL), afirmou em rede social que “o ‘moderninho’ Bill de Blasio ficou todo pimpão porque Jair Bolsonaro cancelou a visita à Nova York para receber o título de Pessoa do Ano. Bill não gosta do nosso presidente – democraticamente eleito. Ele gosta mesmo de tiranos e ditadores milionários que andam por Nova York”. “Prefeito esquisito”, completou Hasselmann.

Anúncios