Guilherme Boulos está há mais de um mês palestrando em diversas universidades federais do país, afim de mobilizar estudantes para atos contra o presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o Estadão, Boulos acredita que uma oposição “dócil” não vai vencer um governo “selvagem”. “O maior desafio que nós temos neste momento é o da mobilização social. Nós temos um governo selvagem. Não podemos ter do outro lado uma oposição bem comportada, dócil, que só sabe fazer hashtag na Internet […] e pensar em 2022. Nós temos que ter uma oposição de rua, de combate, que entenda a importância de lutar nas ruas porque só no Parlamento não vai ser suficiente. Lá eles são maioria”, afirmou Boulos em meio à mais de dois mil alunos na USP, ontem (8).

Anúncios