Os deputados pelo PSL, Alexandre Frota e Eduardo Bolsonaro, protagonizaram uma discussão no Twitter, na última sexta-feira (10). Ambos fizeram acusações mútuas sobre pegar “carona” na eleição de Bolsonaro.

A desavença começou quando Frota criticou o fato do apresentador da Band, Datena, estar presente numa reunião com membros do PSL, incluindo Eduardo Bolsonaro e o príncipe de Orleans. “Olha o Datena no PSL, vou torcer para que não desista [de concorrer a eleição] como fez na eleição passada” (sic).

Datena pretende concorrer a eleição para prefeito de São Paulo em 2020, a reunião se tratou de uma possível filiação ao partido do presidente Jair Bolsonaro.

Imagem reprodução: Instagram

Então Eduardo respondeu, “Falou o dep. eleito na carona do Bolsonaro e que só fala mal da direita. Acredite, eu não queria essa função de presidente, relutei muito, mas não podemos fugir da nossa responsabilidade de moralizar o partido. Isso evitará eleição de caroneiros”.

Frota rebateu, afirmando que Eduardo também é um “caroneiro” e ameaçou pedir uma auditoria sobre o comparecimento de Bolsonaro a Câmara, “existe filho caroneiro também. Só para te lembrar, em 2014 vc não teve nem 85 mil votos, mas para a gente não brigar no Twitter, eu vou falar no Plenário, e vou no estatuto do PSL ,vou pedir auditoria vou querer saber quantas reuniões você compareceu e quantas atas assinou”.

Anúncios