A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, fez uso de rede social para acusar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, de corrupção passiva. Nesta segunda-feira (13).

Para a deputada Hoffmann, Moro infringiu o Artigo 317 do Código Penal, praticando corrupção passiva, “Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem. É no que incorreu Moro ao barganhar vaga no STF”.

Anúncios