A brasileira Dulce Lopes Pontes nascida em Salvador, Bahia, mais conhecida como Irmã Dulce, será proclamada Santa pela Igreja Católica. O Vaticano informou nesta terça-feira (14) que o Papa Francisco reconheceu um milagre do “Anjo bom da Bahia”, como também era conhecida.

Irmã Dulce é a segunda brasileira canonizada pelo Vaticano e a primeira nascida dentro do Brasil. Ela nasceu em 1914 e viveu até 1992, dedicou sua vida a caridade e cuidado aos pobres e menos favorecidos. Dulce fazia parte da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus.

Anúncios