A equipe econômica do poder executivo irá contingenciar mais R$ 10 bilhões, devido a revisão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). A receita do governo poderá cair entre R$ 7 bilhões e R$ 20 bilhões na próxima semana, de acordo com técnicos.

Antes, calculava-se um crescimento superior a 3%, segundo nova previsão do Banco Itaú, a estimativa agora é de 1%, inferior ao crescimento de 2018, que foi de 1,1%. Em 2015 e 2016 a economia apresentou retração de 3,5% e 3,3% respectivamente. Em 2017 o crescimento também foi de 1,1%, ou seja, se os números de crescimento se mantiverem assim, o Brasil não irá se recuperar em 2019 das retrações de 2015 e 2016.

Anúncios