O guro Olavo de Carvalho, um dos principais expoentes do chamado bolsonarismo, afirmou ontem (15), que não irá mais “se meter na política brasileira”, a entrevista foi concedida ao site Crítica Nacional.

O escritor afirmou que irá se ausentar temporariamente do debate político nacional, “Se tornou uma coisa insustentável, tamparam a minha boca”. Não tem problema, vocês se virem aí, fiquem como o Santos Cruz”.

“Eles querem me tirar da parada? Tiraram. Eu vou ficar quietinho agora, […] o Brasil escolheu confiar em pessoas que não merecem sua confiança e agora vai se danar”, afirma Olavo.

E completou:

“Hoje, qualquer pessoa que tenha a cara de pau de defender o programa que elegeu Bolsonaro é chamado de extremista por estes generais. […] Eu estou saindo do páreo. Eu não digo mais nada.”

Anúncios