A Suprema Corte de Justiça da Argentina informou que o primeiro julgamento oral da ex-presidente Cristina Kirchner por corrupção será nessa terça-feira (21). A sentença que estava marcada para 26 de fevereiro foi postergada após problemas de saúde de um dos juízes do caso, que faleceu em março.

A corte iniciou a revisão do processo na ultima terça-feira (14), em meio a duvidas sobre um possível novo adiamento a audiência foi mantida. “O pedido para revisão dos autos por esta Corte não suspende o juízo oral em tramitação […]A medida é apenas para examinar a causa que, uma vez extraviadas e certificadas as cópias pertinentes, será devolvida a este tribunal, em tempo hábil”, diz o texto despachado pela Corte Suprema.

Kirchner é acusada sobre 10 casos de delitos, cinco com ordens de prisão. Por ser senadora possui foro privilegiado e não pode ser presa. Neste caso em questão, ela é investigada por irregularidade em obras públicas que teria favorecido empresários, secretários e ministros.

Anúncios