O comediante Volodymyr Zelensky dissolveu o Parlamento ucraniano ao tomar posse como novo presidente da Ucrânia e convocou novas eleições, nesta segunda-feira (20).

Na frente de delegações internacionais e deputados, durante a cerimônia de posse, ele disse, sem titubear, “dissolvo o Parlamento”.

O motivo é tentar aumentar sua influência política, visto que o partido o Servo do Povo não tem cadeiras no governo legislativo. A dissolução deve ocorrer em até dois meses.

Zelensky interpretava um presidente ficcional em seu programa de televisão ”o Servo do Povo”, o nome do partido vem daí.

Anúncios