De acordo com dados divulgados pelo Sistema Nacional de Segurança Pública (Sinesp), os assassinatos em janeiro de 2019 caíram para 3.600 mortes, inferior aos 4.536 em relação mesmo período do ano anterior, os números representam uma regressão de 21%.

Mas, é cedo para fazer um diagnóstico, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que ainda é necessário fazer um diagnóstico detalhado, contudo a expectativa é que os números de mortes por assassinatos continuem em queda. A entrevista do ministro foi concedida ao Estadão.

Anúncios