O porta-voz do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, disse nesta terça-feira (21), que o presidente Jair Bolsonaro não apoia pautas que solicitam o fechamento de instituições democráticas, como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), contrariando os anseios de alguns grupos.

“O governo é democrático e entende a cooperação dos três Poderes para a elevação do nosso país”, diz Barros.

E concluiu:

“O presidente gostaria de declarar que as manifestações têm sempre cárter espontâneo, especialmente essa que estamos tratando, que deve ser pacífica, não sendo contra grupos ou instituições”, endossou o porta-voz.

Barros informou hoje, mais cedo, que o presidente não irá às manifestações, para demonstrar “respeito pelo cargo e por suas responsabilidades”.

Anúncios