O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta quarta-feira (22), que defende a independência entre os poderes e as reformas da previdência e tributária.

Maia afirmou que os embates entre os poderes legislativo, judiciário e executivo são um sinal negativo e aumentam a desconfiança do investidor.

“O setor privado não investe em ditadura. Por isso reafirmar a democracia é fundamental para o avanço das reformas”.

Anúncios