O presidente da Comissão Especial de Constituição e Justiça (CCJ) da reforma da previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou que a nova previdência será aprovada com ou sem o ministro da Economia, Paulo Guedes, no cargo.

“A Câmara tem compromisso com a reforma, independente desse discurso [do ministro] que beira a chantagem. Ele é importante, mas, com ou sem ele, vai ter reforma”, Declarou.

Anúncios