O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, usou as redes sociais para falar sobre os presídios federais e sua “importância no combate ao crime organizado” e para prestar homenagem à agentes federais assassinados por cumprirem seu dever.

“Dois anos atrás, nesta data, Melissa Almeida, psicóloga em presídio federal, foi assassinada pelo crime organizado. Pouco antes, também os agentes Alex Belarmino Almeida Silva e Henry Charles Gama Filho. Todos também heróis como o juiz Falcone. A eles também as minhas homenagens”, escreveu Moro.

Rogério Ferrarezi, marido da psicóloga Melissa Almeida, viu a mensagem, agradeceu o ministro “pelo apoio” e recebeu uma resposta de Moro: “o senhor também é um herói. Salvou seu filho, trocou tiros com os assassinos. Sinto pelo ocorrido”.

Anúncios