De acordo com informações da revista Crusoé, o autor do atentado a faca ao presidente Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, foi considerado como portador de transtorno mental pelo juiz Bruno Savino da 3° Vara Federal do município de Juiz de Fora, o meliante, aos olhos da lei, é inimputável.

Todos os médicos e profissionais, da acusação e da defesa, que examinaram Adélio concluíram que ele possui transtornos mentais.

Ainda não se sabe quem paga os quatro  advogados de Adélio.

Anúncios