O ministro da Educação, Abraham Weintraub, fez uso do Twitter nesta quinta-feira (30) para criticar uma matéria da Globo sobre o corte de R$ 12 milhões do Museu Nacional, que pegou fogo ano passado. O ministro definiu informação como “Fake News”.

“novamente um veículo de comunicação […] tenta macular a imagem do MEC. Essa última fake news fresquinha para você alega que a paralização da recuperação do Museu Nacional […] estariam sendo paralizadas pelo MEC”.

Usando um guarda chuva para dar a entender que está se protegendo de uma “chuva de fake news”, Weintraub afirma que, “haviam emendas parlamentares de R$ 55 milhões para recuperar o museu. A bancada [deputados] do Rio de Janeiro resolveu reduzir em R$ 12 milhões, sobrando R$ 43 milhões para as obras”. “Nada haver com o MEC”, completa.

O Museu Nacional, completou 200 anos em 2018, ano em que também foi destruído, por incompetência, má gestão e corrupção. Junto com o fogo se foi o decreto da independência do Brasil e quase 20 milhões de outros itens. O atual governo não tem políticas para conservação de museus.

Anúncios