Ambos os países se acusam mutuamente de comportamento perigoso envolvendo as embarcações de guerra

A assessoria da Frota do Pacífico da Rússia informou sobre um incidente no Mar das Filipinas, envolvendo o Cruzador USS Chancellorsville que supostamente invadiu o trajeto do destróier russo Admiral Vinogradov. O caso ocorreu nesta sexta-feira (7) às 0h35 do horário de Brasília.

As embarcações ficaram emparelhadas a cerca de 50 metros uma da outra. Clayton Doss, representante da 7ª frota da Marinha dos EUA acusou a Rússia de realizar manobras inseguras próximo da embarcação americana. De acordo com Doss o destróier russo se aproximou cerca de 15 / 30 metros do Cruzador estadunidense, os forçando a reverter para evitar a colisão.

Anúncios