O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fez uso das redes sociais, nesta sexta-feira (7), para criticar o projeto de unificação das moedas do Brasil e Argentina, citado pelo presidente Jair Bolsonaro em visita oficial ao país “hermano”.

“Será? Vai desvalorizar o real? O dólar valendo R$ 6,00? Inflação voltando? Espero que não”, indagou Maia.

A proposta de unificação monetária foi apresentada ontem (6), pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e Bolsonaro à empresários argentinos e brasileiros.

O Banco Central negou que existam projetos voltados a alteração monetária brasileira ou unificação de moedas entre os países membros do Mercosul, como ocorre atualmente na União Europeia.

A visita de Bolsonaro à Argentina foi encerrada hoje pela manhã.

Anúncios