Em nota emitida na madrugada desta segunda-feira (10), a Força Tarefa da operação Lava Jato, reafirma o compromisso com a atuação imparcial da Justiça. O documento critica matéria publicada pelo Intercept Brasil, na qual supostas mensagens foram trocadas entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, interferindo no andamento de algumas investigações da Lava Jato.

Na nota, a Força Tarefa afirma que o objetivo do vazamento é atacar e prejudicar a operação Lava Jato, já que há a “nítida orientação ideológica” e a publicação do Intercept possui conteúdo “tendencioso”.

“A imparcialidade da atuação da Justiça é confirmada pelos inúmeros pedidos do Ministério Público indeferidos, por 54 absolvições de pessoas acusadas, e por centenas de recursos no Ministério Público”, diz a nota.

Anúncios