A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP), usou o Twitter, nesta terça-feira (11), para criticar a reportagem “VazaJato” do Intercept , a qual classificou como “show dos petistas”, que não deixa o país caminhar e chamar o Editor-Chefe do site, Glenn Greenwald, de “dramalhão”.

“Quando o dramalhão começou, as manchetes diziam que o site Intercept iria publicar altas revelações a cada hora. Segundo anunciado, o enorme volume de material estava sendo analisado para tanto… OK, cadê?”, cobrou a deputada.

Paschoal ressaltou que não está pedindo para impedir a divulgação do material, pois é uma” defensora radical” da livre circulação de informações e afirmou que o site “psolista” (em referência ao PSOL), “não tem nada [informações]. Se tivesse já teria publicado”.

Segundo ela, o “carnaval” não tem objetivo de libertar Lula, mas sim prejudicar a reforma da previdência “que só ajudará o país e as camadas menos favorecidas da população”.

Para defender as conversas entre procuradores e juízes, Paschoal afirmou que “num [país] que um ex-ministro de Estado se refere a um ministro do STF como “nosso advogado” e ninguém se considera suspeito, DATA VENIA, parece piada querer fazer um carnaval por causa de três frases em um grupo de whatsapp. Faz-me rir”.

Anúncios

1 comentário »