O porta-voz da Agência de Refugiados da Organização das Nações Unidas, William Spindler, publicou ontem (15), no Twitter, que cerca de 8 mil refugiados venezuelanos entraram ilegalmente no Peru. Apesar do trabalho de acolhimento, Spindler informa que apenas 28% dos valores necessários para financiar a ajuda foi arrecadado, “precisamos de mais apoio”.

Foto ilustrativa / Romério Cunha

A Venezuela passa por uma grave crise econômica, política e social. Como informou o Ler Agora nesta reportagem exclusiva.

Anúncios