O deputado Federal Alexandre Frota (PSL-SP), afirmou em sua conta do Twitter, nesta segunda-feira (17), que o presidente Jair Bolsonaro tem método próprio para exonerar quem não o agrada.

Segundo Frota, “primeiro [passo] é esculachado” pelo guru Olavo de Carvalho, depois que o “rato faz o serviço sujo”, a rede bolsonarista e seus eleitores, os quais chamou de “miquinhos amestrados”, pedem a demissão, e só então “entra o rei [Bolsonaro], e manda embora de um jeito absurdo. Foi assim com Bebiano, Ricardo Veléz, Santos Cruz e Levy”.

Usando caixa alta, o deputado ainda ironizou o jargão usado por Bolsonaro sobre governar “sem ideologia”, visto que Joaquim Levy contratou um advogado ligado ao PT para uma das diretorias do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e por conta disso os dois foram “fritados” publicamente, como noticiou o Ler Agora.

Anúncios

1 comentário »