O General Juárez Cunha, presidente dos Correios, anunciou no Twitter que sairá do cargo nesta quarta-feira (19). Anteriormente, o presidente Jair Bolsonaro o acusou de “agir como sindicalista” e anunciou sua demissão na sexta passada, durante encontro com jornalistas.

“Caros amigos! Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da Empresa e fizemos grandes amigos. Saldo muito positivo e a certeza que vocês continuarão no cumprimento da missão. Um abraço a todos”, escreveu o general.

Anúncios