De acordo com informações obtidas pelo New York Times, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou ataques militares contra o Irã, em retaliação a derrubada de um drone que custa cerca de R$ 500 milhões, mas voltou atrás na noite de ontem (20).

Os ataques aprovados por Trump tinham como alvos mísseis balísticos e baterias de radar iraniana. A operação foi cancelada depois de já estar em andamento, “aviões estavam no ar, navios estavam em posição, mas nenhum míssil foi disparado”.

Não se tem informações sobre o que fez o presidente estadunidense mudar de decisão, os ataques foram suspensos temporariamente.

Anúncios