Autoridades estadunidenses informaram, no sábado (22), que a administração do presidente Donald Trump tem planos para investir US$ 50 bilhões no Oriente Médio, o prazo é de 10 anos e depende da aprovação dos países envolvidos.

A intenção dos Estados Unidos é diminuir as taxas de desemprego de 52% em Gaza, e 17,6% na Cisjordânia para aproximadamente 1%. O plano tem a pretensão de diminuir em 50% a pobreza e dobrar o PIB da Palestina.

Os EUA não seriam os únicos financiadores, os países do Golfo Pérsico devem ser incluídos nas negociatas.

Anúncios