Devido ao recente aumento das taxas de desmatamento da Floresta Amazônica, a Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta quarta-feira (26), que buscará ter um diálogo “franco e direto” com o presidente Jair Bolsonaro, pois considera “dramático” o que está acontecendo no Brasil, ao se referir a destruição da floresta. Os dois devem se encontrar no final desta semana, em reunião do G-20.

De acordo com o Boletim do Desmatamento da Imazon, o desmatamento da Floresta aumentou 54% em janeiro deste ano quando comparado ao mesmo período de 2018. 67% da área desmatada está em área privada.

Recentemente um grupo de ambientalistas e ativistad europeus pediram uma pausa nas negociações da União Europeia com o Mercosul, quando a isso, Merkel afirmou:

“Eu acho que não concluir o acordo com o Mercosul não teria levado a um hectare a menos de desmatamento no Brasil. Pelo contrário”, avaliou. “É por isso que acho que não concluir o acordo não é a resposta para o que está acontecendo no Brasil”.

Anúncios