Após o então juiz Sérgio Moro ser alvo de críticas e pedidos de renúncia devido às supostas mensagens publicadas pelo site Intercept, nas quais ele teria conversado com procuradores e definido o andamento da Lava Jato, as organizações sociais Movimento Brasil Livre (MBL) e Vem pra Rua convocaram manifestações, que devem ocorrer em todo o território nacional, em defesa do agora ministro da Justiça e Segurança Pública.

Os atos estão marcados para este domingo (30). Os grupos afirmam que os protestos não defendem o governo do presidente Jair Bolsonaro. Dentre as pautas das manifestações do dia 30 está a defesa do Pacote Anti-crime, enviado por Moro ao Congresso Nacional.

Anúncios