Na manhã desta quinta-feira (27), a Polícia Federal (PF) cumpre mandados de busca e apreensão contra um assessor especial e dois ex-assessores do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. A operação, deflagrada em Brasília e Minas Gerais, faz parte da investigação sobre candidaturas laranjas do PSL nas últimas eleições.

O assessor Mateus Von Rondon Martins foi preso nesta manhã, em Brasília, é tido como o assessor especial do ministro. O outro detido é Roberto Silva Soares, assessor de Antônio quando deputado mineiro.

O caso das candidatas laranjas causou a queda de Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria Geral da Presidência e líder nacional do partido do presidente Jair Bolsonaro.

Anúncios