A denúncia, apresentada em 2017, atualmente está em tramitação no STF

A procuradora Geral da República, Raquel Dodge, solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, para enviar uma denúncia contra a deputada e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, à 13ª Vara Federal do Paraná, para que juiz da Lava Jato Luiz Bonat, tido como sucessor do ministro Sérgio Moro, julgue o processo.

Dentre os demais denunciados estão Lula da Silva, Dilma Rousseff, Guido Mantega, Antônio Palocci e João Vacari, eles são acusados de formar uma organização criminosa, apelidada de “quadrilhão do PT” entre os anos de 2002 a 2016. O esquema envolve supostos desvios de até R$ 1,48 bilhão da Petrobras.

Anúncios