O presidente Jair Bolsonaro desmarcou um encontro bilateral que teria com o líder chinês, Xi Jinping, após ficar 20 minutos esperando a delegação chinesa. A reunião fazia parte da agenda brasileira no G-20, em Osaka, no Japão.

Bolsonaro deixou o local às 14:50, a reunião estava marcada para as 14:30. O porta-voz da presidência, Otávio Barros, disse que por conta do atraso bilateral houve uma incompatibilidade de agendas, “como nós temos horário para decolagem e ainda temos que retornar ao hotel para fazer o fechamento […], o presidente decidiu abdicar dessa bilateral”.

Anúncios