O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se tornou hoje (30) o primeiro presidente americano a pisar em solo da Coreia do Norte. O encontro histórico com o ditador Kim Jon Un ocorre na zona desmilitarizada entre as duas Coreias, sendo este a terceira vez que os dois se veem. Trump classificou a reunião como “maravillosa” e Kim afirmou que nunca esperava por um compromisso “naquele lugar”.

“Deixando a Coréia do Sul depois de uma reunião maravilhosa com o Presidente Kim Jong un. Estive no solo da Coréia do Norte, uma declaração importante para todos, e uma grande honra”, declara Trump.

Segundo a jornalista Krähenbühl corresponde brasileira da Casa Branca, partiu de Kim a iniciativa para convidar Trump para atravesar a fronteira, chamada de “paralelo 38”.

O ditador declarou que,”Este é um momento histórico, […] É um ato muito corajoso e determinado”.

Os dois concordaram em retomar as negociações, paradas desde fevereiro, para desnuclearizar completamente a Coreia do Norte em até três semanas, então, vão “ver se conseguem fazer alguma coisa”.

Anúncios