O pacto entre os blocos representa 1/4 da economia mundial

A porta-voz do governo francês, Sibeth Ndiaye, disse nesta terça-feira (2), que a França não está pronta para ratificar o acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE). Na última semana, durante cúpula do G-20, as últimas tratativas para realização do acordo foram anunciadas. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, anunciaram o pacto entre os blocos como consolidado.

A França quer garantías dos países sul-americanos de que o setor agropecuário do país não será prejudicado. Os pequenos fazendeiros franceses dependem de subsídios europeus e estão sujeitos a rígidas regras do bloco europeu, enquanto os agropecuários do Mercosul usam hormônios de crescimento, antibióticos e soja modificada, informa o Estadão.

Anúncios