O General Eduardo Rocha partiu em defesa do General Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), após os ataques de ontem desferidos pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). Em mensagens divulgadas hoje (2) por meio do WhatsApp, Rocha chamou Carlos de “pau-mandado do Olavo [de Carvalho]” e “idiota inútil”, em referência ao bordão idiotas úteis”, usado pelo presidente Jair Bolsonaro para criticar manifestantes universitários.

“Pau-mandado de Olavo. Se o pai chama os estudantes vermelhinhos de idiotas úteis, e eu concordo, para mim, o filhinho dele é um ‘idiota inútil’, ou útil para os esquerdistas”, estava escrito na mensagem.

Anteriormente, Carlos sugeriu em comentário feito em rede social, que Heleno e o GSI estariam envolvidos no caso do sargento da Aeronáutica que foi pego, pela polícia espanhola, traficando 39kg de cocaína no avião presidencial a caminho do G-20, na semana passada. O objetivo seria difamar internacionalmente a administração do pai. O vereador sugeriu que a “denúncia” poderia custar a “minha vida”. Como noticiou o Ler Agora.

Anúncios