Após a apreensão de um petroleiro Iraniano no estreito de Gibraltar, no Mar Mediterráneo, por fuzileiros navais do Reino Unido, por supostamente transportar petróleo para a Síria violando sanções contra o Irã, o Comandante da Guarda Revolucionária do país árabe, Mohsen Rezai, ameaçou capturar um navio britânico, nesta sexta-feira (5).

A declaração do comandante foi feita em rede social e seria uma retaliação as ações europeias, “Se o Reino Unido não liberar o navio-petroleiro iraniano, é tarefa das autoridades apreender um navio-petroleiro britânico”.

O ministro das Relações Exteriores da Espanha, que disputa o domínio de Gibraltar com a Inglaterra, declarou que os Estados Unidos pediram a captura do navio ao Reino Unido.

Anúncios