Consta no Diário Oficial da União, desta terça-feira (9), que os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) foram exonerados, ambos têm mandato parlamentar ativo e devem votar a reforma da previdência a favor do governo. A votação ocorre nesta semana, na Câmara dos Deputados.

Com o risco dos deputados suplentes dos ministros votassem contra a previdência, a exoneração é uma manobra política para que o governo detenha uma maior presença no debate para a aprovação da Proposta de Emenda a Constituição.

“Os ministros que têm mandato já estão liberados para participarem da votação. O senhor presidente entende que a presença deles em plenário há de reforçar a presença do governo em plenário, no sentido que a Nova Previdência é essencial para o futuro do nosso país”, disse o porta-voz da Presidência Otávio Barros, segundo a estatal EBC.

Anúncios