O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), voltou a se posicionar à favor da expulsão do deputado Aécio Neves da sigla, nesta quarta-feira (10). O motivo são as acusações de corrupção que decaem sobre o tucano, “É um ou outro, é incompatível”.

“Já [me] manifestei diversas vezes no sentido da expulsão do deputado Aécio Neves do partido. Recentemente, o diretório municipal aqui da capital [São Paulo] também enviou oficio à direção nacional do partido, solicitando que fosse aberto um processo dentro do conselho de ética do PSDB.”

Anúncios

1 comentário »