Ameaçada de ser expulsa do PDT após votar favoravelmente pela aprovação da previdência, contra recomendação do líder do partido, Tabata Amaral voltou a se manifestar a favor da educação, no Twitter, nesta quinta-feira (11).

“A luta pela educação continua! Ontem, precisávamos de 308 votos para a emenda que mantinha a aposentadoria especial dos professores. Foram 265. Hoje é o contrário. Quem quer retirar uma das únicas políticas de valorização docente é que terá que conseguir os 308 votos para o destaque”.

Anúncios