Advogados a mando de um grupo de igrejas, de distintas religiões, se reuniram ontem (10) com o presidente Jair Bolsonaro. Eles solicitam imunidade tributária em doações que fazem para obras Missionárias no estrangeiro, segundo informa O Antagonista.

Em novembro de 2018, o ex-presidente Michel Temer, criou um imposto de 15% por meio de decreto. As verbas são destinadas aos orfanatos e ONGs localizadas ao redor do mundo.

Vale ressaltar que, a Igreja Universal e Igreja Católica detém sedes em diferentes países da África e Europa, com templos, hospitais, e realizam missões de catequização. A isenção pedida pelos advogados, caso aceita, permitirá que as igrejas enviem dinheiro para outros países sem pagar tributos.

Anúncios