De acordo com a resolução 1.831 publicada no Diário Oficial da União (DOU), nesta quinta-feira (11), Ronaldo Ponciano Gomes, Gerente-geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária, determinou a interdição de três lotes de uma vacina conjugada, pois os testes de qualidade apresentaram resultados abaixo do satisfatório.

A vacina, fabricada pela Biotech Park, serviria para previnir as doenças hepatite B, difteria, tétano e Haemophilus.

Anúncios