O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que as universidades públicas não cobrarão mensalidades em seus cursos gratuitos. A declaração, feita ontem (14), pelo Twitter, contrapõe o anúncio feito dias atrás pelo secretário de Educação Superior, Arnaldo Barbosa.

“A graduação não será paga pelos alunos das federais. Manteremos a situação atual (pagadores de impostos), porém, a rápida deterioração das contas vista nos últimos anos será interrompida. Há avanços maiores e menos polêmicos que serão apresentados dia 17”, escreve o ministro.

Anúncios

1 comentário »