O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, arquivou nessa segunda-feira (15), as investigações sobre movimentações financeiras envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, nas quais a Receita Federal, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e Banco Central com o Ministério Público Federal (MPF) sem autorização judicial.

A suspensão do caso continua até a decisão final do STF, que será julgada no plenário marcado para novembro.

Anúncios

1 comentário »